Com hit do verão, sucesso de 'Roxinho' e participação em 'Nêga', Vitor Fernandes teve grande 2020

Cantor é uma das principais referências do piseiro atualmente

Sua Música

Segunda, 21/12/20 às 13:02

COMPARTILHE:

O ano de 2020 foi atípico e complicado em todo o mundo. A pandemia pegou milhões de pessoas de surpresa, mas alguns artistas conseguiram se destacar mesmo sem a possibilidade de realizar shows e apresentar o trabalho nas mais diversas cidades do país. Um deles foi Vitor Fernandes, que em 2019 já começava a se destacar ao mesmo tempo em que ficava conhecido como o Rei do Piseiro, ritmo que também se destacava em todo o país.

- Mais notícias

O 2020 de Vitor começou ainda no fim de 2019, quando ele lançou a música O matuto se apaixonou. Meses depois, em fevereiro, por votação popular, ela foi premiada com o título de Música do verão, aqui mesmo no Sua Música. Também em 2019 ele já havia se destacado ao gravar Bebe vem me procurar, com Safadão, e Rei do piseiro.

Durante todo o ano de 2020 o cantor continuou trabalhando muito forte e se não poderia fazer isso com shows, fez muito bem através das redes sociais. para se ter uma ideia, nos clipes ou músicas divulgados em seu canal apenas em 2020, foram mais de 100 milhões de visualizações. Aqui no Sua Música foram 30 milhões de plays, mais da metade do total que ele tem em seu perfil.

(Reprodução/Instagram @vitorfernandescantor)

Apesar da pouca idade, Vitor tem apenas 23 anos, ele já carrega a responsabilidade de ser um dos principais nomes do Piseiro no Brasil, mesmo em um ano em que também é uma revelação do Forró. Ele foi um dos primeiros artistas a estourar nessa retomada da pisadinha, ao lado de alguns outros nomes que também fizeram bastante sucesso de 2019 para cá.

"Amo tanto o que faço que tudo acontece tão naturalmente, apesar de saber e ter uma noção da responsabilidade que carrego, não sinto tanto a pressão. Sempre tento atender a todos no meu camarim depois do show, tento responder ao máximo nas minhas redes sociais, afinal o que é um cantor sem o amor de seus fãs?', comentou Vitor sobre a responsabilidade de ser um desses principais nomes.

Se Vitor já era um sucesso no primeiro semestre de 2020, o segundo semestre reservou presentes ainda mais especiais. Ele teve dois pontos principais que o fizeram subir ainda mais de patamar: o lançamento da música Roxinho e uma grande parceria com Tarcísio do Acordeon na música Nêga. Vale lembrar que ele participou da música de Tarcísio e Tarcísio participou da música dele.

No caso de Nêga, esta foi a música que alavancou a carreira de Tarcísio e desde o começo, lá em maio, ele já participava da faixa. Naquele momento Tarcísio estava começando a estourar e Vitor já vinha de um ótimo começo de 2020 e um grande 2019. Vitor acabou ganhando muito reconhecimento por sua participação, mas este ainda não era o principal ponto do seu sucesso para o segundo semestre de 2020.

Foi com a música Roxinho que Vitor fez um sucesso estrondoso e, por tabela, acabou retribuindo o que recebeu com a participação em Nêga, já que a música também foi uma das mais ouvidas no CD de Tarcísio, o que fez com que nomes como Henrique e Juliano conhecessem a música. Pouco depois Vitor e Tarcísio estavam em Goiânia-GO, cantando ao lado dos sertanejos.

Há cerca de três meses o clipe de Roxinho foi lançado, ele hoje tem mais de 30 milhões de visualizações.

O próprio Vitor comentou sobre a parceria com Tarcísio, que de acordo com ele, foi um irmão que a vida deu.

"Eu e Tarcísio foi uma parceria que deu muito certo, um irmão que a vida me deu. Deu tão certo que fora as músicas que ambos participamos e que foi sucesso, somos parceiros de escritório, inclusive temos um projeto juntos chamado de 'Piseiro com Vaquejada' que vai dar o que falar, podem aguardar!".

E nisso nós já podemos ter uma boa ideia do que Vitor irá fazer em 2021. Desde 2019 ele já vem se tornando uma referência no Piseiro, já Tarcísio se transformou em uma das principais do Forró de Vaquejada. Os dois planejam fazer um projeto juntos e é algo que muita gente já deve estar esperando, principalmente após um ano que acabou travando muitos desses projetos devido a pandemia.

Em 2019 Vitor apareceu para o Nordeste, em 2020 ele cresceu ainda mais, se fortaleceu e ficou consolidado como uma verdadeira referência. 2021 pode ser o ano de alcançar voos ainda maiores.

Vitor Fernandes