'Meu maior sonho era ter uma casa e ajudar minha família', diz Zé Vaqueiro. Confira a entrevista completa!

Cantor falou sobre o começo da carreira e o sucesso atual

Sua Música

Terça, 02/03/21 às 16:31

COMPARTILHE:

Se alguém te perguntar quais são os cantores ou bandas de Forró que você mais ouviu em 2020 ou que mais tem escutado nos primeiros meses de 2021, a chance de vermos o nome de Zé Vaqueiro no meio das respostas é enorme. O jovem cantor de 22 anos explodiu em 2020, ano em que tivemos uma crise global de saúde com a pandemia e infelizmente não tivemos muitos shows, mas pudemos conhecer novos talentos através da internet.

- Mais notícias

Com sucessos como Letícia, Tenho medo, Cangote e tantos outros, Zé Vaqueiro passou de um cantor desconhecido a uma das grandes estrelas do cenário forrozeiro. O Sua Música conversou com o cantor e falou sobre este sucesso e sobre as dificuldades de um ano atípico no país.

"O ano de 2020 foi muito atípico, não só para mim, mas para todos. Porém, eu não lançava nada desde fevereiro, então foram oito meses sem qualquer projeto, seja música, CD ou clipe. E isso é muito delicado para quem é do ramo musical, pois é aquele velho ditado: 'quem não é visto, não é lembrado'. Foi o ano da virada em minha vida: fechei com meu novo escritório, a Vybbe, consegui gravar novas músicas, então foi sensacional. Apesar do impacto direto na realização de shows, eu consegui alcançar números incríveis, ficando nos vídeos em alta do YouTube e no top das plataformas digitais.", comentou o cantor.

Quem vê o sucesso "meteórico" de Zé Vaqueiro, não imagina que ele também teve que batalhar para chegar até onde chegou. Antes do sucesso na música ele já trabalhou vendendo sorvete, lanche e já trabalhou em um lava-jato, longe de toda a fama dos dias atuais.

Ele também já cantou Brega, MPB e Arrocha antes de se aventurar no Piseiro, tudo isso há quatro anos, quando resolveu mudar o seu estilo musical.

"Digo que esse amor pela música vem de berço, graças a minha mãe, Nara de Sá, que era cantora e me incentivou. E reconheço, até chegar onde estou hoje, o caminho não foi nada fácil. Trabalhei como vendedor de sorvete, de lanche, e também fui funcionário de um lava-jato. Comecei cantando de tudo: MPB, arrocha e brega, foi então que um amigo me sugeriu fazer um CD de piseiro há uns 4 anos, quando o ritmo não era tão forte. Aí embarquei na vaquejada, música mais regional, e pelo meu nome ser José Jackson, sugeri Zé Vaqueiro. Eis que consegui fazer o meu primeiro disco caseiro, porque comprei plásticos e aqueles tubos que vinham com discos, depois fui em uma lan house para imprimir as folhas com uma foto minha e o nome Zé Vaqueiro.".

Nesse período, de acordo com o cantor, ele já chegou a passar fome e uma grande dificuldade.

Zé Vaqueiro ainda viveu uma fase em que o próprio artista precisava fazer seus CDs e distribuir em feiras e camelôs pela cidade. Esses eram os famosos CDs promocionais que até hoje ainda existem, mas que também se adaptaram em várias formas, como os pen drives que são vendidos com centenas de músicas ou os CDs lançados aqui no Sua Música, de forma digital.

Como vocês viram, foi o próprio Zé Vaqueiro que escolheu seu nome artístico, já que seu nome era José Jackson. Ele também diz que escolheu o nome "Vaqueiro", por ser um ritmo regional do qual ele já fazia parte. Além disso, ele também escolheu o bordão que ficou tão famoso, "o original". De acordo com ele, foi justamente para diferenciar já que existem tantos  "Josés" pelo Brasil.

Ele estourou em um momento completamente diferente de outros artistas que já vimos em anos anteriores. Em meio a uma pandemia e sem poder fazer shows. Além disso, foi algo novo para o artista que até pouco tempo não vivia todo esse sucesso, mesmo já estando no meio musical.

O começo do sucesso foi quando ele lançou a música Vem me amar, composição própria e que depois estourou na voz do cantor Jonas Esticado. Na época, Zé lançou um vídeo com a música no Instagram e ela acabou viralizando.

"Ainda é tudo muito novo para mim. Por exemplo, no Instagram, ainda fico um pouco tímido. Porém, eu sei que todo esse sucesso é fruto de muita persistência e trabalho, além disso, sou muito grato a Deus por cada oportunidade que apareceu e continua aparecendo em minha vida. Já a sensação que senti quando pisei pela primeira vez no palco depois de estourar nacionalmente foi única e indescritível. Foi em Teresina, mas não chego a dizer que tinha atingido o sucesso, pois hoje vivo outras experiências inéditas. Porém, na época, cerca de 3 horas da manhã, havia 25 mil pessoas esperando. E quando todo mundo cantou minha música, eu senti que parei no tempo, logo comecei a chorar.", comentou o cantor pernambucano.

(Reprodução/Instagram @zevaqueiro)

Ele tem apenas 22 anos, mas já pôde realizar o seu maior sonho, que era ter uma casa própria e poder ajudar a família. Seu primeiro grande cachê foi dividido entre seu pai, sua mãe e sua avó.

"Olha, meu maior sonho era ter minha casa para viver com a minha família, além de poder ajudar minha mãe, minha avó e meu pai. E isso eu já consegui. O meu sonho futuro é continuar prosperando na carreira e continuar ajudando a minha família."

Fã de artistas como Xand Avião, Leonardo e Simone e Simaria, Zé Vaqueiro vive um outro sonho, mas desta vez um sonho de fã. Atualmente ele faz parte da Vybbe e trabalha diretamente ao lado do Comandante.

"Trabalhar com o Xand é incrível, ele é um amigo e parceiro sensacional. A proposta de trabalho surgiu durante a pandemia e, apesar do momento, foi um convite maravilhoso. Conversamos, alinhamos tudo o que tinha para ser alinhando e fechamos a proposta. E é um sentimento totalmente recíproco, pois ele acredita em mim e eu acredito no potencial da equipe formada pela Vybbe. Desde então, só crescemos juntos.".

Em 2020 Zé Vaqueiro estourou, mas ele também tem suas próprias apostas para 2021. Quando perguntado quem ele acha que pode estourar, ele não pensou duas vezes e falou sobre Nattan, seu parceiro de escritório que fez um grande sucesso com a música Não te quero, que tem participação de Zé.

Zé Vaqueiro tem números enormes nas plataformas digitais. Só aqui no Sua Música, com cinco CDs lançados, são quase 90 milhões de plays e três milhões de downloads. No Youtube o artista já tem um clipe com mais de 200 milhões de visualizações.

Recentemente ele lançou a sua nova aposta, o clipe da música Volta comigo bb, que tem sido muito comentado e elogiado. Confira abaixo!

Tags: Zé VaqueiroForró
Zé Vaqueiro