BandaPimentaMalagueta

CDs/SINGLES

ORDENAR:

O usuário ainda não possui eventos cadastrados.

Veja os eventos cadastrados no Sua Música.

Ver Eventos

O usuário ainda não possui vídeos cadastros.

Veja os vídeos do TV Sua Música.

Ver Vídeos

O usuário ainda não possui Playlists criadas no Sua Música.

Veja e ouça as playlists em destaque no Sua Música.

Ver Playlists

Nada Cadastrado!

1.780

Downloads

24.540

Plays

0

Playlists

0

Plays

1

Uploads

Formada em 1991 a Banda Pimenta Malagueta é a precursora do axé music no estado do Ceará....
Ler Mais

Em 1992 puxou o bloco Araboneco, primeiro bloco de pré-carnaval na Av. Beira Mar. A vocalista Verônica Sobreira foi à primeira mulher a cantar em um trio elétrico no estado do Ceará.Repleta de conquistas a Pimenta Malagueta tem em seu currículo, as diversas participações em carnavais, micaretas, pré-carnavais, réveillons, fortais, apresentações em cidades do interior do estado, apresentações em diversas casas de show de Fortaleza como: Três Amores, Cantinho do Céu, Mansão do Forró, London London, Versailles, Parque do Vaqueiro, Recreio Clube de Campos, B25, BNB Clube e eventos marcantes como: Reinauguração da Praça do Ferreira em 1991, Avenida Iluminada (TV Verdes Mares), Bandalheira (O Povo), Copas do Mundo, Estação Ceará Terra da Luz (TV Verdes Mares) e Inauguração do Relógio do Tempo (Rede Globo), Calouradas da UNIFOR, UECE e UFC.Recebeu em seu palco grandes artistas nacionais e da terra como: Fagner, Ednardo, Belchior, Geraldo Azevedo, Elba Ramalho, e grandes nomes da música Baiana como: Ivete Sangalo, Olodum, Timbalada, Chiclete com Banana, Banda Mel, Netinho, Asa de Águia, Ricardo Chaves entre outros. São mais de 26 anos de existência da Pimenta Malagueta, banda pioneira, precursora da música baiana no Ceará, que pode onde passou, emocionou o seu público, conquistando toda uma geração. Quem viveu essa época certamente tem saudade do samba reggae e axé melódico, com letra e poesia que embalou muitos carnavais e micaretas. O ritmo tomou conta do país e em Fortaleza não foi diferente. A “Pimentinha”, como Verônica é carinhosamente conhecida, está de volta para cantar os grandes clássicos da música baiana, mostrando que o axé dos anos 90 está mais vivo do que nunca.